Terça-feira, 07 de Abril de 2020

Última Atualização do site:  

06/04/2020 15:21:53

ÚLTIMAS NOTÍCIAS / SINTOMAS, DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO, E DICAS
Visualizada 96 vezes
DENGUE
Sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020
 
 
DENGUE

O vírus da dengue é transmitido pela picada do mosquito Aedes Aegypti, que se prolifera em focos de água parada. Há 4 tipos diferentes do vírus da dengue: os sorotipos 1, 2, 3 e 4. Todos os tipos causam as diferentes formas da doença.

 

Sintomas

Muitas vezes não há sintomas, mas eles podem se manifestar de forma leve à grave, podendo levar a morte.

1) Dengue clássica:

  • Febre alta (39º a 40º) de início repentino
  • Dor de cabeça
  • Prostração
  • Dores musculares e nas juntas
  • Dor atrás dos olhos
  • Vermelhidão no corpo
  • Coceira.

Geralmente os sintomas regridem com 3 a 7 dias, mas a pessoa pode continuar sentindo fraqueza durante algumas semanas. Nas crianças, o sintoma inicial também é a febre alta acompanhada apatia, sonolência, recusa da alimentação, vômitos e diarreia.

 

2) Dengue hemorrágica, mais grave, caracterizada por alterações da coagulação sanguínea;

O início dos sintomas é igual ao da dengue clássica, mas por volta do 3º dia, quando a febre começa a ceder, surgem hemorragias como:

  • Sangramento nasal, gengival, vaginal
  • Rompimento dos vasos superficiais da pele (petéquias e hematomas), etc.
  • Pode ocorrer também sangramento no aparelho digestivo e nas vias urinárias, em casos mais raros.

 

3) Síndrome do choque associado à dengue

A forma mais grave e rara, pode causar a morte do paciente se não houver atendimento especializado. Há risco de um choque quando há os seguintes sintomas:

  • Alterações neurológicas (delírio, sonolência, depressão, coma, irritabilidade extrema, psicose, demência, amnésia)
  • Sintomas cardiorrespiratórios
  • Insuficiência hepática
  • hemorragia digestiva
  • derrame pleural.

 

Diagnóstico

Pode ser realizada a prova do laço quando há suspeita de dengue, pois o teste verifica fragilidade capilar e pode indicar uma redução da quantidade de plaquetas.

O exame de sangue é o teste que dá certeza do diagnóstico da doença.

 

Tratamento

Como não existe tratamento específico para a dengue, são tomadas medidas para aliviar os sintomas. É indicado ingerir muito líquido para hidratar o corpo e também medicamentos para febre e para as dores. A pessoa com suspeita de dengue não deve tomar remédios por conta própria, pois alguns medicamentos são contraindicados para quem está com dengue, como antitérmicos que contém ácido acetilsalecílico (AAS, Aspirina, Melhoral, etc.), anti-inflamatórios (Voltaren, diclofenaco de sódio, Scaflan), pois estes interferem na coagulação do sangue.

 

Importante

  • Dengue pode evoluir da forma clássica para quadros graves rapidamente;
  • A imunidade só é conseguida contra o tipo de vírus que a pessoa já contraiu.
  • Ter dengue mais de uma vez aumenta a chance de desenvolver o tipo hemorrágico;
  • É muito importante combater o mosquito transmissor da doença destruindo os seus criadouros.

Fonte: /// DE ASSESSORIA ///

 
 
 Galeria de Fotos
DENGUE
 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta-Feira, das 08h às 11h - 13h às 17h

Praça Eleutério Galdino de Andrade, 21 - Centro

CEP: 87250-000 - Peabiru - Paraná

 44 3531-8100   prefeitura@peabiru.pr.gov.br